Diário NFL

Arquivo : Bill Belichick

Super Bowl 51: Atlanta Falcons x New England Patriots
Comentários Comente

Danilo Muller

MattRyanTomBrady

Super Bowl 51: Atlanta Falcons x New England Patriots

Teremos hoje à noite no Super Bowl 51 a batalha do melhor ataque da NFL do Atlanta Falcons, 33,8 pontos de média, contra a melhor defesa do New England Patriots com apenas 15,6 pontos tomados por partida.

Essa é a 6ª vez que existe esse encontro no Super Bowl, com a melhor defesa vencendo 4 das 5 vezes.

O jogo será transmitido ao vivo pela ESPN e pelo Esporte Interativo à partir das 21:00 com as TVs fazendo pré jogo à partir das 19:30.

O Patriots chega ao seu 8º Super Bowl na Era Bill Belichick / Tom Brady, 9 no total , e busca o 5º título da história.

Já o Falcons está em seu segundo Super Bowl na história e busca hoje o seu primeiro título.

Muitos recordes podem ser batidos ou igualados em caso de vitória do Patriots, Brady igualaria o defensive end Charles Haley como o único jogador a vencer 5 Super Bowls, já Belichick pode ganhar o seu 7º título, apenas o diretor do San Francisco 49ers e Denver Broncos Neal Dahlen tem esse número. Além dos 4 anéis com o Patriots, Belichick também venceu 2 títulos como coordenador de defesa do New York Giants e está indo para o seu 10º Super Bowl nos últimos 30 anos.

O Falcons possui um ataque dinâmico e explosivo comandado pelo MVP da temporada Matt Ryan, além de Julio Jones como arma principal, possui 2 recebedores velozes em Taylor Gabriel e Mohamed Sanu, e o perigoso backfield de Devonta Freeman e Tevin Coleman, dois corredores completos.

A defesa do treinador Dan Quinn evoluiu muito durante a temporada e tem tido muito sucesso pressionando o quarterback principalmente com Vic Beasley que teve 15,5 sacks na temporada, do outro lado Adrian Clayborn e Dwight Freeney se revezam. Quinn foi coordenador de defesa do Seattle Seahawks e está indo para o seu 3º Super Bowl em 4 anos.

Mesmo sem Rob Gronkowski, o ataque do Patriots está no top 10 em todas as estatísticas no jogo aéreo, e o jogo corrido funciona muito bem perto da endzone, principalmente com Legarrette Blount.

A defesa do Patriots tem tido enorme sucesso parando o jogo corrido, forçando turnovers, e tem ótimos números em 3ª descida e redzone, limitando muito os adversários quando chegam perto da endzone, como aconteceu contra o Pittsburgh Steelers.

Nos últimos 12 Super Bowls, o time de branco venceu 11. Ano passado o Denver Broncos tinha a possibilidade de jogar de laranja e por superstição, preferiu a branca, esse ano o Atlanta Falcons tem prioridade e escolheu jogar de vermelho, o Patriots jogará de branco.

Desde 2002, o MVP da temporada está 0-7 em jogos de Super Bowl. Ryan foi eleito o jogador mais valioso da temporada.

Lady Gaga será a atração do intervalo do Super Bowl 51 no NRG STadium em Houston.

Os comerciais na FOX, televisão americana que transmitirá a partida, custaram 5 milhões de dólares por cada 30 segundos.

Palpite Mad Dan: New England Patriots 30 x 27 Atlanta Falcons

Para você quem sairá vencedor do Super Bowl 51 ?


Patriots troca linebacker Collins com o Browns
Comentários Comente

Danilo Muller

Foto: Ezra Shaw/Getty Images

JamieCollinsPatriots

Patriots troca linebacker Collins com o Browns

O New England Patriots decidiu trocar um de seus melhores jogadores da defesa Jamie Collins com o Cleveland Browns em troca de uma escolha de 3ª rodada.

O contrato de novato de Collins com o Patriots se encerrava após esse ano, e o jogador estava pedindo um contrato semelhante ao de Von Miller, 6 anos, 114,5 milhões de dólares, sendo $70 milhões garantidos.

Já o Browns adquire um jogador de impacto que tem a missão de ajudar o time a tomar menos de 25 pontos em uma partida e vencer pela primeira vez em 2016 (0-8).

Caso Collins não entre em acordo com o Browns até o final do ano, ele se torna um agente livre.

Em 6 jogos nessa temporada, Collins acumulou 43 tackles, 2 interceptações e um fumble forçado.

Antes da temporada, o Patriots trocou outra grande estrela do time Chandler Jones com o Arizona Cardinals, fato comum na era Bill Belichick em New England,

O que achou da troca ?


Mesmo com Quarterback novato, Patriots atropela Texans
Comentários Comente

Danilo Muller

Foto: Charles Krupa/ AP

brissettpatriots

Mesmo com Quarterback novato, Patriots atropela Texans 

New England Patriots 27, Houston Texans 0  CamHighlights

No final do primeiro quarto, o quarterback novato  Jacoby Brissett foi ao banco e entregou a bola ao técnico Bill Belichick após seu primeiro touchdown na NFL, uma corrida de 27 jardas no canto direito do campo, após escapar de alguns tackles. Minutos depois o treinador devolveu a bola ao quarterback que teve um sólido jogo na vitória de 27 a zero.

O running back LeGarrette Blount correu 24 vezes  para  105 jardas e 2 touchdowns enquanto Julian Edelman liderou o time com 4 recepções para 28 jardas.

A defesa controlou Brock Osweiler que acertou 24 de 41 passes para 196 jardas e 1 interceptação. O ponto alto do time foi uma recepção inacreditável de DeAndre Hopkins na lateral do campo para primeira descida.

O New England Patriots (3-0)  permanece invicto mesmo sem o seu quarterback titular Tom Brady enquanto o Houston Texans (2-1) encontra sua primeira derrota.

O que achou da partida de quinta-feira ?

 


Novato Brissett será titular do Patriots na partida de hoje contra o Texans
Comentários Comente

Danilo Muller

JacobyBrissettPatriots

Novato Brissett será titular do Patriots na partida de hoje contra o Texans

Jacoby Brissett será o quarterback titular do New England Patriots (2-0) na partida de hoje contra o Houston Texans (2-0) liderado por JJ Watt e pelo recém chegado quarterback Brock Osweiler.

Brissett, jogou pela universidade de Florida, foi por dois anos titular de North Carolina State e era o 3º quarterback do time, até a suspensão de Tom Brady e da lesão no ombro de Jimmy Garoppolo.

Não oficializaram a ausência de Garoppolo não partida de hoje e em caso de necessidade o wide receiver Julian Edelman será  o quarterback de emergência, jogou nessa posição em Kent State.

Com apenas 9 passes tentados na NFL e 34 minutos, Brissett será perseguido pela ótima defesa do Texans, sua versatilidade e habilidade de escapar perseguidores será testada.

Bill Belichick disse que “ele tem melhorado a cada dia,tem trabalhado duro e estudado bastante. É bem atlético e vem de desenvolvendo bastante desde o draft”.

Grande parte da comissão técnica do Texans passou pelo Patriots recentemente, head coach Bill O´Brien foi coordenador ofensivo em New England, Romeo Crennel coordenador de defesa e o técnico de linebackers Mike Vrabel jogou por lá, existe  muita semelhança entre os dois times.

SEMANA 3

QUINTA-FEIRA, 22 SETEMBRO 

  • Houston Texans @ New England Patriots 21:25 Gillette Stadium, Foxboro ESPN e ESPORTE INTERATIVO

DOMINGO, 25 SETEMBRO

  • Arizona @ Buffalo 14:00 Ralph Wilson Stadium, Buffalo
  • Oakland @ Tennessee 14:00     Nissan Stadium, Nashville
  • Cleveland @ Miami   14:00  New Miami Stadium, Miami
  • Baltimore @ Jacksonville  14:00     EverBank Field, Jacksonville
  • Detroit @ Green Bay  14:00     Lambeau Field, Green Bay ESPN
  • Denver @ Cincinnati  14:00     Paul Brown Stadium, Cincinnati ESPORTE INTERATIVO
  • Minnesota @ Carolina  14:00     Bank of America Stadium, Charlotte
  • Washington @ New York Giants 14:00     MetLife Stadium, East Rutherford
  • Los Angeles @ Tampa Bay  17:05     Raymond James Stadium, Tampa
  • San Francisco @ Seattle 17:05     CenturyLink Field, Seattle
  • New York Jets  @ Kansas City 17:25     Arrowhead Stadium, Kansas City
  • San Diego  @ Indianapolis 17:25     Lucas Oil Stadium, Indianapolis ESPN
  • Pittsburgh @ Philadelphia  17:25     Lincoln Financial Field, Philadelphia
  • Chicago @ Dallas 21:30     AT&T Stadium, Arlington ESPN e ESPORTE INTERATIVO

SEGUNDA-FEIRA, 26 SETEMBRO  

  • Atlanta @           New Orleans     21:30     Mercedes-Benz Superdome, New Orleans

Quem é Jacoby Brissett ? Assista.

 


Ranking dos 32 treinadores da NFL quando eram jogadores de futebol american
Comentários Comente

Danilo Muller

NFLTreinadoresParte2

Ranking dos 32 treinadores da NFL quando eram jogadores de futebol americano

O jornalista da ESPN Kevin Seifert escreveu uma matéria interessante, criando um ranking de todos os 32 treinadores da NFL de como eles foram como jogadores de futebol americano, dois nunca jogaram futebol universitário, 10 tiveram passagem pela NFL e apenas um deles foi ao Pro Bowl.

32. Adam Gase – Miami Dolphins – Wide receiver no colégio

Jogou apenas no colégio e ao ser aceito na Michigan State já se tornou um estudante-treinador ao invés de um estudante-jogador.

31. Ben McAdoo – New York Giants – Left Tackle no colégio

McAdoo não recebeu ofertas para continuar jogando futebol universitário, estudou educação física na Indiana University of Pennsylvania e após fazer um master em Quinesiología em Michigan State voltou ao colégio para ser assistente de treinador.

30. Chip Kelly – San Francisco 49ers – Quarterback e defensive back na Universidade de New Hampshire

Kelly jogou pela Universidade de New Hampshire nos anos 80, grande parte do tempo ficando como reserva.

29. Bill Belichick – New England Patriots – Offensive line e Tight end em Wesleyan

Belichick jogou futebol americano, lacrosse e squash pela universidade de Wesleyan, da 3ª divisão da NCAA. Se lesionou no 3º ano e quase não jogou no 4º, virou assistente do Baltimore Colts quando se formou em 1975.

28. Rex Ryan – Buffalo Bills – Linah defensiva na Southwestern Oklahoma State University

Não existem estatísticas de Rex Ryan como linha defensiva da Southwestern Oklahoma State University, se tornou treinador assistente do time assim que se formou. Seu famoso pai treinador Bud Ryan, era grande amigo do head coach da universidade na época.

27. Mike Zimmer – Minnesota Vikings – Quarterback e linebacker na Universidade de Illinois State

Uma lesão no dedo acabou com sua carreira como quarterback no 2º ano, colocado como linebacker lesionou o pescoço e parou de jogar. Dizem que ficou treinando punt no estacionamento enquanto se recuperava.

26. John Harbaugh – Baltimore Ravens – Defensive back na Universidade de Miami (Ohio).

Harbaugh foi um defensive back reserva e se destacou nos times de especialistas em seu último ano em 1983. Ganhou o prêmio de melhor atleta-estudante. a universidade de Miami em Ohio construiu uma estátua dele como técnico.

25. Dirk Koettner – Tampa Bay Buccaneers – Quarterback na Universidade de Idaho State

Koettner foi quarterback titular no seu primeiro em Idaho State ano mas sofreu uma lesão no ombro que atrapalhou sua carreira, jogando esporadicamente em 79 e em seu último ano 81. Terminou a carreira acertando 67 de 183 passes, 719 jardas, 4 TDs e 20 interceptações. Seu pai também foi um treinador universitário.

24. Bill O`Brien – Houston Texans – Linebacker e defensive end na Brown University 

O`Brien foi um jogador de grupo que fazia tudo para ganhar uns minutos em campo na Brown University, no seu ano de senior teve 30 tackles e 1 sack. Colegas diziam que era um thrash talker.

23. Dan Quinn – Atlanta Falcons – Linha defensiva na Universidade de Salisbury

Quinn foi um jogador produtivo na universidade de Salisbury na Divisão III jogando como linha defensiva por 3 anos no começo dos anos 90, acumulando 135 tackles e um retorno de interceptação para touchdown. Foi uma estrela de dois esportes, obtendo o recorde de arremesso de martelo de sua universidade, recorde que durou até 2012.

22. Gus Bradley – Jacksonville Jaguars – Safety e punter em North Dakota State

Bradley ganhou uma bolsa de atleta após seu primeiro ano em North Dakota State (mesma universidade de Carson Wentz) e teve 3 bons anos como safety e 4 como punter, sendo parte do time que foi 3 vezes campeão nacional da 2ª divisão em 86,87 e 88. Terminou a carreira com 40 jogos e  5 interceptações.

21. Mike McCarthy – Green Bay Packers – Tight end na Baker  University em Kansas

Após transferência, McCarthy foi uma estrela da pequena Baker University em Kansas por 2 anos, sendo vice campeão nacional da NAIA (inferior a NCAA).

20. Andy Reid – Kansas City Chiefs – Tackle em Brighan Young University

Reid jogou como tackle entre 78 e 80 em BYU, sendo titular em seu último ano e protegendo Jim McMahon, uma lenda de BYU e do Chicago Bears. Virou treinador assistente da universidade logo após a graduação.

19. Chuck Pagano – Indianapolis Colts – Safety na universidade de Wyoming

Pagano jogou por 2 anos como titular na universidade de Wyoming da primeira divisão jogando 33 jogos entre 80 e 82, com 9 passes defletidos, 3 fumbles recuperados e 1 forçado.

18. John Fox – Chicago Bears – Defensive back na San Diego State University

Fox jogou 2 anos na Southwestern College antes de se transferir para San Diego State em 1975. Machucou a clavícula em seu primeiro ano e e foi titular no ano de Senior acumulando 55 tackles um passe defletido e uma interceptação.

17. Hue Jackson – Cleveland Browns – Quarterback na Pacific University 

Jackson jogou como quarterback por 2 anos no Glendale Community College antes de se transferir para a Pacific University onde foi titular em 85 e 86. Em seu último ano jogou 12 jogos, 1.089 jardas passadas e 643 corridas. Também jogou basquete pela university. Se preparava para entrar no FBI quando recebeu o convite para ser treinador assistente.

16. Bruce Arians – Arizona Cardinals – Quarterback em Virginia Tech

Arians foi jogar de quarterback em Virginia Tech, única escola a manter o convite após ser expulso do colégio no começo dos anos 70. Em 1974, seu último ano jogou como titular passando para 954 jardas, 3 TDs passados, correu para 243 jardas e 11 touchdowns, até hoje um recorde na universidade, mesmo com Michael Vick jogando por lá. FOi MVP do time e no ano seguinte já virou treinador de VT.

15. Marvin Lewis – Cincinnati Bengals – Linebacker e defensive end em Idaho State

Tentou ser também quarterback em Idaho State mas foi aproveitado como pass rusher. Teve 11 sacks em 78 e 79 e foi eleito a seleção da conferência Big Sky em seu último ano. Virou treinador após os 4 anos de universidade.

14. Mike Tomlin – Pittsburgh Steelers – WIde receiver na Universidade de William & Mary

Apesar de ter uma mente defensiva, Tomlin jogou como wide receiver em William & Mary. Em 1994 foi eleito a seleção da Yankee Conference. Em sua carreira recebeu 101 passes para 2.054 jardas e 20 touchdowns.

13. Pete Carroll – Seattle Seahawks – Safety na Pacific University

Carroll jogou dois anos como safety na Pacific University e foi eleito a seleção de conferência nesses 2 anos. Teve 2 interceptações na carreira e virou treinador logo após não conseguir jogar na World Football League.

12. Jim Caldwell – Detroit Lions – Safety na Universidade de Iowa

Caldwell foi titular de Iowa por todos os 4 anos entre 73 e 76, terminando a carreira com 8 interceptações, 21 passes quebrados e 6 chutes bloqueados, sendo 5 em um ano só, ainda um recorde da escola.

11. Jay Gruden – Washington Redskins – Quarterback na Universidade de Louisville e na AFL

Gruden jogou de quarterback por Louisville até 1988 e saiu de lá como recordista da universidade em jardas passadas (7.024) e jogou um ano World League of American Football (WLAF). Depois de 2 anos como treinador de Louisville, virou jogador da Arena Football League, se transformando em um dos melhores quarterbacks da história da AFL. Terminou a carreira com 21.476 jardas passadas, 397 touchdowns e 4 títulos de campeão da AFL. Gruden pertence ao Hall da Fama da AFL, recebeu a homenagem em 1999.

10. Mike McCoy – San Diego Chargers – Quarterback na Universidade de Utah e NFL Europa

McCoy foi quarterback na universidade de Utah por 4 anos, ajudando o time a dois bowls seguidos, sendo que em 1994 o time teve uma campanha de 10 vitórias e 2 derrotas, passando para 3.860 jardas, segunda melhor marca do país. Em 1995 foi da equipe de treinamento do Green Bay Packers, passou pela NFL Europa e a Canadian Football League antes de se aposentar em 1999.

9. Sean Payton – New Orleans Saints – Quarterback Eastern Illinois e Chicago Bears

Payton jogou como quarterback da Universidade de Eastern Illinois acumulando 10.655 jardas na carreira antes de jogar pelo Chicago Bears em 1988 no ano da greve dos jogadores da NFL (Lembram de Shane Falco) por 3 partidas acertando 8 de 23 passes para 79 jardas e uma interceptação. Passou pela Arena Football League, e Canadian Football League e UK Budweiser National League na Grã Bretanha.

8. Doug Pederson – Philadelphia Eagles – Quarterback em Louisiana-Monroe e NFL

Doug Pederson foi um dos melhores quarterbacks da Universidade de Louisiana-Monroe antes de ter uma carreira de 12 anos na NFL, sendo na maioria do tempo reserva de 3 dos grandes QBs da história, Brett Favre no Green Bay Packers, Donovan McNabb no Philadelphia Eagles e Dan Marino no Miami Dolphins até ter um ano desastroso em Cleveland (Quem nunca ?) onde começou 8 partidas e apenas 2 TDs. Terminou a carreira na NFL com 3 vitórias e 14 derrotas em 17 partidas como titular.

7. Gary Kubiak – Denver Broncos – Quarteback em Texas A&M e Denver Broncos

Kubiak jogou como quarterback na Universidade de Texas A&M antes de ser o reserva eterno de John Elway no Denver Broncos (Sim, o seu chefe de hoje em dia). Kubiak foi reserva em 139 jogos dos 143 jogados por Elway nesse período. Ele teve 5 partidas como titular vencendo 3 e é lembrado pela torcida por ter substituído Elway na final da AFC de 1991 acertando 10 de 11 passes.

6. Jason Garrett – Dallas Cowboys – Quarterback em Princeton e Dallas Cowboys

Garrett se formou em 1988 em Princeton como um dos melhores da história da universidade. Não foi draftado e passou pelos treinos do New Orleans Saints, jogou na World League of American Football e no Ottawa Rough Riders da Canadian Football League antes de ganhar uma chance no Dallas Cowboys onde ficou por 7 anos e por grande parte do tempo reserva de Troy Aikman sendo campeão do Super Bowl por duas vezes em 1993 e 1995. Jogou 39 partidas sendo 9  como titular vencendo 6 vezes. Também teve passagens pelo Giants, Buccaneers e Dolphins.

5. Jeff Fisher – Los Angeles Rams – Safety e punt returner na USC e na NFL

Fisher jogou em uma das melhores secundárias da história da NCAA, quando jogou ao lado de ROnnie Lott em USC antes de ser draftado pelo Chicago Bears em 1981 onde jogou em 49 jogos em 4 temporadas até sofrer uma lesão e virar treinador assistente daquele time campeão do Super Bowl em 1985. Teve 5 interceptações na carreira, 9 fumbles forçados e retornou 120 punts e uma média de 9,4 por retorno.

NFLTreinadoresParte1

4. Mike Mularkey – Tennessee Titans – Tight end na Universidade de Florida e NFL

Mularkey foi selecionado para ser quarterback, mas acabou virando tight end na universidade de Florida jogando até 1982. Foi selecionado no Draft de 1983 pelo San Francisco 49ers mas ganhou espaço no Minnesota Vikings como tight end bloqueador e no Pittsburgh Steelers como tight end recebedor se aposentando em 1991.

3. Ron Rivera – San Diego Chargers – Linebacker na Universidade de Cal e NFL

Rivera jogou pela Universidade da California, Berkeley sendo escolhido como All American em 1983 quando teve 13 sacks e 26,5 tackles antes da linha de scrimmage, recorde que permanece na universidade. Em 1984 foi escolhido pelo Chicago Bears na 2ª rodada e jogou 149 jogos na NFL em 9 temporadas, sendo 62 como titular, sendo reserva daquela sensacional defesa do Bears campeão do Super Bowl em 1985.

2. Todd Bowles – New York Jets – Safety na Universidade de Temple e NFL

Bowles jogou 4 anos como safety na universidade de Temple e teve uma chance no Washington Redskins após não ser draftado em 1986. Ele acabou jogando 117 jogos em 8 anos de carreira, sendo 82 jogos como titular, inclusive no time campeão do Super Bowl 22. Também jogou pelo 49ers.

1. Jack Del Rio – Oakland Raiders – Linebacker na USC e NFL

Jack Del Rio teve uma carreira digna de Hall da Fama de sua universidade Southern California antes de ser draftado pelo New Orleans Saints na 3ª rodada em 1985 e jogou por 11 temporadas em 4 times da NFL. Foi titular em 128 partidas, tendo 941 tackles na carreira com o Saints, Chiefs, Cowboys e Vikings. Em 1994 foi eleito ao Pro Bowl quando jogava pelo Vikings, único treinador atual da NFL a conseguir tal fato.

 


Rivalidade Brady – Manning
Comentários Comente

Danilo Muller

Imagem: CBS Sports Instagram

BradyManningLegends2

Rivalidade Brady – Manning

Nesse domingo teremos o 17º encontro entre Tom Brady e Peyton Manning, pela segunda vez em três anos New England Patriots e Denver Broncos  fazem a final da Conferência Americana.

O número de partidas entre os quarterbacks é impressionante já que só jogaram por um ano na mesma divisão, até o alinhamento ocorrido em 2002 (criação do Houston Texans) quando o Indianapolis Colts saiu da AFC Leste para fazer parte da recém criada AFC Sul. Dan Marino e Jim Kelly se enfrentaram 21 vezes.  A razão de tantos encontros é que nas regras atuais os melhores times da mesma conferência se enfrentam na temporada seguinte, eles sempre tiveram no topo. Se encontraram todos os anos desde 2003 tirando 2008 e 2011.

Manning está querendo alcançar o seu 4º Super Bowl e o seu segundo anel de campeão enquanto Tom Brady quer o recorde de 5 títulos de Super Bowl e um 4º título de MVP do grande jogo. Nenhum quarterback tem esse número de títulos (Joe Montana e Terry Bradshaw possuem 4), apenas o defensive end Charles Haley tem 5 anéis com Dallas Cowboys e San Francisco 49ers.

Brady tem um domínio sobre Manning nos encontros até agora 11-5, mas durante os playoffs estão empatados em 2-2, sendo que Manning venceu as últimas duas e tem o recorde de 2-1 em finais de conferência.

Os melhores encontros entre os dois aconteceram em: 2007 na final da AFC quando o Colts venceu a partida por 38 a 34 após estar perdendo por 21 a 3 e em 2009 quando o técnico Bill Belichick apostou em uma 4ª descida em seu próprio campo para vencer por 38 a 34 e viu a defesa parar o adversário 4 vezes na porta da endzone nos segundos finais da partida.

Durante os encontros o time de Brady tem a média de 29,9 pontos enquanto o time de Manning marcou 24,5. Brady completou 367 de 553 passes (66,4%) para 4.013 jardas, 31 TDs e 13 INTs (96,5 QB rating) enquanto Manning  completou 410 de 657 passes (62,4%) para 4.809 jardas, 33 TDs e 22 INTs (87,4 QB rating).

Jogando em Denver, Brady perdeu 6 de 8 partidas sendo as únicas vitórias contra Danny Kannell e Tim Tebow.

Quem vence a partida desse domingo  ? Quem será mais decisivo na partida ? Quem é o melhor em sua carreira ?


Relatório mostra mais irregularidades do Patriots em caso de espionagem
Comentários Comente

Danilo Muller

Foto: Arquivo AP/Jim Mone (2011)

Robert Kraft, Roger Goodell, Bob Betterman

Relatório mostra mais irregularidades do Patriots em caso de espionagem

Oito anos atrás, na primeira partida da temporada entre New England Patriots e New York Jets, a NFL descobriu um esquema que ficou conhecido como Spygate, um funcionário do Patriots Matt Estrella foi pego filmando gestos e sinais feitos pelos treinadores de defesa do Jets na sideline, conduta proibida.

Quatro dias depois, o comissário Roger Goodell multou o técnico Bill Belichick em $500 mil dólares e o Patriots em $250 mil, que também perdeu uma escolha de primeira rodada do Draft.

Relatório que está sendo divulgado pela revista americana “ESPN The Magazine” desse mês, com entrevista com mais de 80 pessoas, retomou o assunto após o dono do time Robert Kraft comentar que a punição “excessiva” no Deflategate foi na verdade uma compensação a punição branda no Spygate, Goddell se sentiu pressionado a fazer isso.

O relatório diz que nove dias após a punição, membros da NFL foram a uma sala no clube com acesso restrito a Belichick e poucos outros membros e descobriram 8 vídeos com filmagem ilegal de sinais em 40 jogos e cadernos com anotações de sinais de muitos adversários, inclusive algumas notas usadas na final da AFC de 2002 contra o Pittsburgh Steelers, vitória do Patriots por 24 a 17.

O próprio Goodell pediu para destruírem as filmagens e cadernos ainda no local, fato esse que nunca foi levado à público até hoje. O comissário não queria que o público soubesse que um time “ganhou o título roubando”, poderia sujar a imagem da liga.

O caso pode voltar a tona em cortes superiores, podendo trazer sérias punições a treinadores, dono de time, comissário e chacoalhar a estrutura da NFL.

O relatório também diz que  funcionários do time iam ao vestiário adversário e roubavam a sequência inicial de jogadas. O fato era tão conhecido entre times, que alguns começaram a colocar a sequência errada para despistar o Patriots.

A reportagem também fala sobre o Patriots  pagar ex jogadores dos adversários para ajudar a identificar os sinais dos treinadores.

Lembrando que o técnico do Jets naquela ocasião era Eric Mangini, ex coordenador do Patriots, que sabia do esquema.

Kraft sempre foi o maior defensor de Goodell, mas o criticou veemente após punição severa do Deflategate.

Pode ser o começo do fim para o comissário Roger Goodell que teve sua punição a Tom Brady anulada pela justiça comum e agora se vê no meio de uma acusação gravíssima.

O que vai acontecer com Goodell ? Esse fato mancha a imagem da NFL ? Mancha a imagem do Patriots e Belichick ?

Artigos relacionados:


Patriots assina com veterano recebedor Wayne por um ano
Comentários Comente

Danilo Muller

reggiewayneColts

Patriots assina com veterano recebedor Wayne por um ano

O New England Patriots assinou com o veterano wide receiver Reggie Wayne, dispensado pelo Indianapolis Colts após a temporada passada.

Wayne, de 36 anos,  jogou todos os seus 14 anos pelo Colts acumulando 14.345 jardas e 82 touchdowns, passando 8 vezes da marca de mil jardas, sendo 7 anos seguidos.

Em 2014, Wayne recebeu para 779 jardas e apenas 2 TDs, perdendo espaço para jogadores mais  jovens como TY Hilton e Monte Crief e ficou caro para o time após a assinatura de Andre Johnson.

Wayne jogou com 3 dos maiores quarterbacks em sua carreira, Peyton Manning, Andrew Luck e agora Tom Brady.

Podendo jogar aberto ou como slot, Wayne pode ser mais um veterano a trazer experiência e confiança, marca desse time comandado por Bill Belichick.

Wayne ainda pode render no Patriots ?


Super Bowl 49 – New England Patriots x Seattle Seahawks
Comentários Comente

Danilo Muller

Imagem: Site NFL

sb49patriotsseahawks

Super Bowl 49 – New England Patriots x Seattle Seahawks

Super Bowl 49 

New England Patriots x Seattle Seahawks 21:30 AO VIVO ESPN e Esporte Interativo

  • Local:  University of Phoenix Stadium
  • Horário: 21:30 horário de Brasília
  • Show do intervalo: Katy Perry, Lenny Kravitz e convidados.

Nesse domingo dia primeiro de fevereiro  acontece no Estádio University of Phoenix em Glendale no Arizona o Super Bowl 49 entre o New England Patriots e o atual campeão Seattle Seahawks.

Seattle tenta ser o primeiro time a vencer em anos seguidos desde o próprio New England de 2003. Esse seria apenas o segundo título da franquia e o terceiro Super Bowl.

Essa é a oitava vez que o New England Patriots chega ao Super Bowl (igualando recorde de Pittsburgh e Dallas) e a sexta vez que Tom Brady e Bill Belichick vão ao grande jogo, vencendo as três primeiras e perdendo as duas últimas.

Brady passou pela oitava vez das 4 mil jardas e dominou o Indianapolis Colts na final da AFC após jogo de altos e baixos contra o Baltimore Ravens.

Rob Gronkowski, o atacante mais dominante da NFL no momento teve 1125 jardas e 12 touchdowns e pode exigir um cuidado especial dessa defesa que costuma dar espaço pra tight ends.

Enquanto no primeiro jogo dos playoffs o time decidiu não correu com a bola, no último LeGarrette Blount foi a diferença.

Defesa que pressiona bastante o quarterback e tem Darrelle Revis como seu melhor jogador defensivo muitas vezes eliminando o melhor recebedor adversário.

O Seattle Seahawks terminou a temporada como melhor time correndo com a bola e a melhor defesa da NFL.

Marshawn Lynch correu 1306 jardas e 134 touchdowns e tem Russell Wilson como seu principal parceiro.

Lynch que teve seu pior jogo da carreira contra o Green Bay Packers, teve uma chance no final e arrumou uma maneira de vencer, times vencedores fazem isso.

A Legion of Boom como é apelidada a secundária do Seahawks teve mais uma vez a melhor defesa contra o jogo aéreo e tem Kam Chancellor como destaque e Richard Sherman como grande playmaker.

Quem vence o Super Bowl 49 ?


Seahawks e Patriots vencem e se enfrentam no Super Bowl
Comentários Comente

Danilo Muller

Foto: David Phillip /AP

RussellWilsonSeahawks

Seahawks e Patriots vencem e se enfrentam no Super Bowl

Seattle 28, Green Bay 22 (OT)  

O Green Bay Packers dominou grande parte da partida, mas alguns erros do técnico, erros na redzone e sucesso em um onside kick fizeram com que o Seattle Seahawks chegassem ao Super Bowl pelo segundo ano seguido.

O jogo estava 13 a zero para o Packers quando o Seahawks fez um fake field goal que virou um passe do holder Jon Ryan para o linha ofensiva reserva Clint Gresham para colocar o time na partida.

Ainda atrás do placar 19 a 7, faltando 2 minutos, Russell Wilson tinha sido interceptado 4 vezes, e marcou um touchdown correndo e após um onside kick, Marshawn Lynch colocou o Seahawks na frente do placar.

Na prorrogação, Wilson fez seu único touchdown em um passe de Jermaine Kearse que colocou o time de volta ao Super Bowl pelo segundo ano seguido.

New England 45, Indianapolis 7  

Liderados por Tom Brady, o New England Patriots atropelou o Indianapolis Colts por 45 a 7.

Brady passou para 226 jardas e 3 touchdowns e o running back LeGarrette Blount correu 30 vezes para 148 jardas e marcou 3 touchdowns.

Julian Edelman recebeu 9 passes para 98 jardas e Rob Gronkowski recebeu 3 passes, um para touchdown.

O linha ofensiva Nate Solder também recebeu passe para touchdown,

Andrew Luck acertou apenas 12 de 33 passes e foi interceptado duas vezes.

Esse é o sexto Super Bowl de Tom Brady e Bill Belichick que querem o quarto título, perderam as duas últimas vezes que foram ao grande jogo.

O que achou das partidas ? Times mereceram as vitórias ?